Koza Mostra analisa as canções da 2ª Semifinal do Söngvakeppnin 2017


Grécia e Islândia se encontram no Brasil! Convidamos a banda Koza Mostra, representantes da Grécia no Eurovision 2013, para analisar as músicas do  Söngvakeppnin 2017, a seletiva nacional da Islândia.

 

Na semana passada, a Islândia deu início ao processo seletivo para o Eurovision 2017. O Koza Nostra analisou as canções concorrentes da primeira semifinal. Sua favorita, Erna Mist Pétursdóttir, não conseguiu se classificar com a versão em islandês de “I’ll be gone”. Arnar Jónsson & Rakel Pálsdóttir receberam da banda a segunda nota mais baixa, mas agradaram o povo islandês e estarão na final do dia 11 de fevereiro. A banda grega não conseguiu prever muita coisa na primeira, mas será que na segunda semifinal eles terão mais sorte? Confira a análise do Koza Mostra para as canções segunda semi final do Söngvakeppnin 2017:

01. Linda Hartmanns – Obvious Love
Balada comum, boa voz, mas você tem que esperar até o segundo minuto para ter uma nova abordagem  sem nenhuma grande surpresa.
Nota: 7,0 

02. Daði Freyr Pétursson – Is this love
Sim! Isso é algo diferente! Boa sonoridade, me leva de volta no tempo, você não precisa ter a melhor voz do mundo para cantar, o que é bom. Apenas uma coisa ruim, o refrão não é memorável.
Nota: 8,0 

03. Svala – Paper
Mesmo esperando mais rock no final, achamos essa música muito boa. Incrível cor da voz da cantora e a letra linda fará “Paper” chegar ao topo e ser um dos destaques da noite:
Nota: 9,0

04. Páll Rósinkranz & Kristina Bærendsen – You and I
You and I …you and I …You and I….???  Enfim, as vozes são muito boas mas parece que eles não estão mostrando todo o potencial. A música é só ok, precisaria ser mais que mais uma canção de amor.
Nota: 7,0 

05. Sólveig Ásgeirsdóttir – Trust in me
Outra canção adorável. Mas se fosse com uma abordagem diferente como rock, algo dinâmico, uma balada midtempo, com orquestra, poderia ser muito especial. Mas estaríamos falando de outra canção. Enfim, teria mais potencial com um arranjo diferente.
Nota: 6,0

06. Aron Brink – Hypnotised
Essa é mais uma música com uma batida feliz. O cantor é um rapaz bonito, mas mas essa não é uma canção que será lembrada depois de ser escutada na primeira vez, não é muito memorável. Sua esperança serão as garotas de 12 a 16 anos.
Nota: 6,0

Confira as músicas do Söngvakeppnin 2017 na playlist abaixo! Você concorda com a opinião do Koza Mostra? Deixe sua opinião também!

What's Your Reaction?
Raiva Raiva
0
Raiva
Legal Legal
0
Legal
AMO AMO
0
AMO
O QUÊ? O QUÊ?
1
O QUÊ?
NÃAAAO! NÃAAAO!
1
NÃAAAO!
Fofo Fofo
0
Fofo
Flop Flop
0
Flop
WIN WIN
0
WIN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Koza Mostra analisa as canções da 2ª Semifinal do Söngvakeppnin 2017

log in

reset password

Back to
log in
Free WordPress Themes
Choose A Format
Personality quiz
Trivia quiz
Poll
Story
List
Meme
Video
Audio
Image